Relembre a edição de 2020 da Virada da Consciência

A Virada da Consciência de 2020 trouxe a temática “É Floyds! – Os joelhos invisíveis que estão por aí”, propondo uma reflexão sobre o racismo estrutural. Realizada pela Universidade Zumbi dos Palmares e pela ONG Afrobras, a edição aconteceu de 17 a 22 de novembro e teve vários eventos em sua programação.

As ações da Virada colocaram em pauta temas como saúde, segurança, educação, movimentos sociais; o Troféu Raça Negra homenageou o cantor e compositor Luiz Melodia e premiou personalidades negras e àqueles que lutam por uma sociedade com igualdade racial, como Emicida, Jaqueline Góes e Luis Roberto Barroso.

A FlinkSampa (Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra) teve como homenageada a romancista Ruth Guimarães, a primeira escritora negra brasileira a obter projeção nacional, a partir do lançamento de seu primeiro livro: o romance “Água Funda”, em 1946. E o Festival Afrominuto, parte da FlinkSampa, premiou vídeos produzidos por alunos da rede de ensino do Estado de São Paulo com o tema “Milton Santos”.

Também aconteceram o Seminário Internacional da Consciência Negra, com participação de acadêmicos e especialistas na área de segurança pública e diversidade; a Jornada da Diversidade, organizada pela Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial, que teve a presente de especialistas e empresários; e a BlackTekFest (BTK),  feira de experiências tecnológicas que uniu ciência, tecnologia e empreendedorismo.