Universidade Zumbi dos Palmares e ONG Afrobras reúnem 600 convidados na entrega do Troféu Raça Negra a personalidades da cultura, da arte, da política e do esporte

A Universidade Zumbi dos Palmares e a ONG Afrobras realizaram, no domingo (21/11), a entrega da 19ª edição do Troféu Raça Negra, criado para premiar personalidades negras e não-negras que se destacaram na luta contra o racismo e em favor da inclusão racial. Este ano, o troféu homenageou o coreógrafo e bailarino Ismael Ivo, ex-diretor do Balé da Cidade de São Paulo, que morreu em abril deste ano. Ao abrir o evento, o reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente, agradeceu por poder, mais uma vez, “homenagear os heróis de todas as cores” e ressaltou que “chegará o dia em que nós, negros, poderemos entrar em qualquer lugar. Mas, isso só será possível com educação”. O reitor lembrou a implantação da Zumbi dos Palmares, a primeira instituição de ensino superior negra do Brasil, criada com a ajuda das universidades negras americanas. “Hoje, há nos Estados Unidos, mais de 120 destas instituições e a primeira delas nasceu em 1871”. Ao receber seu Troféu, o ex-presidente Michel Temer – que, a pedido da Universidade Zumbi dos Palmares, criou cota de 30% das vagas de estágios da administração pública federal para jovens negros – lembrou que “a luta pela integração dos afrodescendentes no Brasil vem de muito tempo e cresceu nos últimos 20 anos em função do trabalho desenvolvido pelo reitor José Vicente”. E fez questão, segundo ele, de fazer uma profissão de fé: “Quero integrar-me à campanha pela prorrogação das chamadas cotas e faço isso por uma razão constitucional. Sou do direito público e a constituição determina a igualdade no País, sem nenhuma distinção. As cotas significam a possibilidade de integração da sociedade brasileira”. A cantora Preta Gil também emocionou ao lembrar que recebeu o prêmio quando tinha “apenas um ano de carreira”. Depois disso e até hoje, disse ela, “nunca mais recebi nenhum outro troféu. É muito importante estar aqui para mais 19 anos de luta”. E dedicou seu prêmio ao pai, “o imortal Gilberto Gil”. O Troféu Raça Negra deste ano foi entregue a 26 personalidades das áreas da cultura, arte, política e do esporte, entre outras. Além de Ismael Ivo, Michel Temer e Preta Gil, os demais premiados foram:
  • Aline Torres – primeira secretária de cultura negra da cidade de São Paulo
  • Aretha Duarte – atleta e primeira mulher negra a escalar o pico do Everest
  • Bruna Brelaz – primeira mulher negra a comandar a UNE – União Nacional dos Estudantes
  • Christian Gebara – presidente da empresa Vivo de telefonia, pessoalmente denunciou e combateu o racismo contra seu colaborador negro.
  • Elizeu Soares Lopes – ouvidor da Polícia do Estado de São Paulo.
  • Elza Paulina de Souza – primeira mulher negra a comandar a Secretaria de Segurança Urbana de São Paulo
  • Eunice Prudente– primeira jurista negra a comandar a Secretaria de Justiça de São Paulo.
  • Fernanda Garay – medalhista de prata pela seleção de vôlei feminino, em 2020, em Tóquio, Japão; e medalhista de ouro nas Olimpíadas de Londres, de 2012.
  • Frederico Trajano – presidente do Magazine Luiza, criador do primeiro programa de trainees para negros da história do país
  • Hebert Conceição – boxeador, campeão olímpico e medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio 2020.
  • Jesus Roque de Freitas – primeiro vice-prefeito negro do município de Guarulhos
  • Jonathan Azevedo – melhor ator revelação em 2020
  • Lewis Hamilton – piloto campeão de fórmula 1. Recebeu o prêmio no hotel, quando esteve no Brasil durante o GP de fórmula 1 2021.
  • Ludmilla – cantora, compositora, multi-instrumentista e empresária brasileira.
  • Mart’nália – cantora, compositora, percussionista e instrumentista
  • Nando Cunha – ator de cinema,  seriados e séries
  • Paolla Miguel – engenheira de computação e vereadora na cidade de Campinas
  • Thaíde – rapper, compositor, produtor, apresentador e ator negro brasileiro
  • Thelminha – médica, campeã do BBB 20
  • Thiago Tobias da Silva – empresário fundador da Akintek, fintech para  jovens negros e periféricos
  • Thiaguinho – cantor, compositor e apresentador brasileiro
  • Tony Gordon – cantor e arranjador, vencedor do The Voice Brasil 2019
  • Wallace Martins – bicampeão da fórmula Veeh e atualmente piloto da fórmula delta de automobilismo
A cerimônia de premiação foi apresentada pelo ator Paulo Betti e pela jornalista Gloria Maria, com direção geral de Elifas Andreato e direção artística de Bento Andreato. O Troféu Raça Negra de 2021 é um dos eventos da Virada da Consciência, realizada entre 18 e 22 de novembro. Toda a programação está disponível no www.viradadaconsciencia.com.br Sobre o Troféu Raça Negra Criado e organizado pela ONG Afrobras e pela Universidade Zumbi dos Palmares para destacar personalidades negras e não-negras que contribuem para a luta contra o racismo e em favor da inclusão racial. A primeira edição do Troféu ocorreu no ano 2000 e, depois, em 2004 na comemoração do 450º aniversário da capital paulista. A partir de então, a premiação se tornou anual. Em 2008, entrou oficialmente para o calendário da cidade de São Paulo. Ao longo dos anos, o Troféu foi concedido a personalidades como Cartola, Milton Nascimento, Mano Brown, Zezé Motta, Elza Soares, Martinho da Vila, Emílio Santiago, Martin Luther King Jr., Jair Rodrigues e Wilson Simonal.

Faça aqui o seu Check-in