Universidade Zumbi dos Palmares promove curso sobre as culturas africana e afro-brasileira para professores das redes estadual e municipal de ensino

Saberes, fazeres e encantamentos que permeiam a cultura africana e afro-brasileira: aprofundando conhecimentos sobre a trajetória do povo africano é o tema do curso que o professor Natanael dos Santos, da Universidade Zumbi dos Palmares, realizará entre 18 e 21 de novembro para professores da rede municipal de ensino. A atividade pedagógica integra a Virada da Consciência 2021, que inclui ainda eventos, culturais, de tecnologia, inovação e afroempreendedorismo.

O curso – que será realizado pelo quinto ano seguido, durante os quais mais de 5,7 mil profissionais foram formados – atende as exigências da lei 10.639/2003 que obriga o ensino da história e cultura afro-brasileira nas escolas e vai ser oferecido aos mais de 1.500 professores, diretores de escola, coordenadores pedagógicos, entre outros. De acordo com a Secretaria Municipal da Educação, o curso terá 24 horas de duração, entre aulas à distância e síncronas – professor e alunos ao vivo.

Além dos profissionais da área de ensino municipal, o governo do Estado também decidiu oferecer o curso para as Diretorias Regionais de Ensino das cidades de São Carlos, Sorocaba, Jundiaí e Piracicaba, entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro, além da Diretoria Regional de Ensino Leste 2, de parte das escolas da capital paulista, entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro. Para esse grupo a carga horário é de 30 horas.

De acordo com o professor Natanael dos Santos, “com esse curso de formação, os professores estarão totalmente capacitados a oferecer aos alunos das escolas municipais e estaduais informações sobre a África, sua cultura e história. É uma forma
de ajudar no combate ao racismo estrutural da nossa sociedade”.

O programa do curso inclui Características do biotipo negro; Pré conceitos com a cultura africana; A música e os instrumentos musicais africanos; Os grandes impérios africanos; Identidade racial; As contribuições da África para o mundo; As contribuições africanas para a sociedade colonial brasileira; e A Educação e as relações étnico-raciais.

Faça aqui o seu Check-in